Brasil

Fiocruz termina análise e libera distribuição da vacina de Oxford

Doses do imunizante serão entregues aos estados e ao DF neste domingo (24)

Foto: Justin Tallis/AFP

Às 14h18 deste sábado (23), os 2 milhões de doses da vacina de Oxford/Astrazeneca foram liberadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro. O carregamento do imunizante chegou ao Rio na sexta (22) e, durante a madrugada, passou por análise de segurança.

Agora, as doses serão fracionadas e distribuídas aos estados e ao Distrito Federal. Por questões populacionais, o estado de São Paulo receberá maior quantitativo da vacina.

Depois de chegar em voo da Emirates ao Aeroporto de Guarulhos, às 17h20 dessa sexta-feira (22), a carga foi transportada em um avião da Azul até a Base Aérea do Galeão, aonde chegou às 22h. O avião foi recebido na pista por um batismo simbólico, com jatos de água lançados em forma de arco pelos bombeiros do Aeroporto Rio-Galeão.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, recebeu o lote em solo brasileiro, ao lado dos ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e das Comunicações, Fábio Faria. Também estavam presentes o embaixador da Índia, Suresh Reddy, e a presidente da Fiocruz, Nisia Trindade. Esta última se juntou ao grupo no Rio de Janeiro.

As vacinas prontas foram fabricadas pelo Instituto Serum, na Índia, e eram aguardadas desde sábado (16), mas tiverem atraso no envio por questões internas da Índia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar