Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Fernando de Noronha vacina jovens contra Covid-19 a partir de 18 anos

Previsão é de que, até o dia 24 de junho, toda a população desta faixa etária, o que corresponde a 3.800 pessoas, receba o imunizante

Foto: Reprodução/TV

João Valadares
Recife, PE

Moradores do arquipélago de Fernando de Noronha com 18 anos ou mais começaram a receber na manhã desta segunda-feira (14) a primeira dose da vacina contra Covid-19.

A previsão é de que, até o dia 24 de junho, toda a população desta faixa etária, o que corresponde a 3.800 pessoas, receba o imunizante.

Fernando de Noronha será a primeira localidade de Pernambuco a vacinar todas as pessoas inclusas no PNI (Plano Nacional de Imunização). Os moradores que estão fora podem se vacinar assim que retornarem à ilha.

Na sexta-feira passada (11), mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford foram encaminhadas ao arquipélago. Neste dia, a vacinação foi ampliada para pessoas com 40 anos ou mais.

No sábado (12), houve ampliação da faixa etária para pessoas a partir dos 29 anos. Em dois dias, 700 pessoas tinham recebido o imunizante.

“Percebemos uma grande adesão da população, que atendeu ao chamado e procurou o posto para tomar a primeira dose. Isso nos deu a possibilidade de antecipar a faixa etária, iniciando a semana com a vacinação para todos os maiores de 18 anos”, destacou o administrador da ilha, Guilherme Rocha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma dessas jovens é Roberta Gabriele. Ela tem 18 anos e foi uma das primeiras a receber a vacina nesta segunda.
“Está complicada a situação que estamos vivendo, então é importante todo mundo se vacinar. Sinto-me privilegiada em ser uma das primeiras a tomar a vacina”, disse.

Em Fernando de Noronha, atividades não essenciais não podem funcionar das 22h até as 5h.

Permanece proibida a realização de festas, shows, eventos sociais públicos ou privados.

Desde o início da pandemia, foram registrados 4 óbitos e 682 casos da Covid-19 no arquipélago. De acordo com boletim epidemiológico do dia 9 de junho, três pacientes infectados estavam em quarentena.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As informações são da FolhaPress






Você pode gostar