Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

CONFIES divulga receita recorde das fundações de apoio à pesquisa

O valor cresceu 58% em comparação aos R$ 4,7 bilhões de 2019. Os números fazem parte da prestação de contas do CONFIES

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Mesmo com a pandemia, as fundações de apoio de universidades públicas alcançaram receita recorde de R$ 7,5 bilhões. O valor cresceu 58% em comparação aos R$ 4,7 bilhões de 2019. Os números fazem parte da prestação de contas do CONFIES (Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica).

O levantamento será divulgado ainda nesta segunda-feira, 29, primeiro dia do 4º Congresso Nacional das Fundações de Apoio que se estenderá para os dias 30 e 1º de dezembro.

De acordo o presidente do CONFIES, Fernando Peregrino, os valores captados pelas fundações de apoio são adicionados ao orçamento oficial da atividade de pesquisa, valores que superam com folga o orçamento de R$ 5,6 bilhões disponibilizados para as universidades federais no ano passado.

A quantia captada pelas fundações supera com folga os R$ 600 milhões disponibilizados em 2021 para o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), principal fundo de fomento da ciência e tecnologia do Brasil.

Peregrino lamenta o esvaziamento das tradicionais fontes oficiais de recursos para ciência brasileira, principalmente em um cenário de pandemia. “O Brasil deve abrir os olhos antes que não tenhamos retorno de um caminho que trilhamos para sermos uma nação subalterna e dependente de bens essenciais ao seu povo”, afirmou.

A mesa de abertura do 4º Congresso Nacional das Fundações acontecerá às 15hs desta segunda-feira, 29 e irá reunir as principais lideranças da ciência, tecnologia e inovação do País, como a presidente da Fiocruz, Nisia Trindade; o presidente da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), Rodrigo Zanin; o presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Renato Janine Ribeiro, ex-ministro da Educação; o vice-presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), o reitor Ricardo Fonseca; e o ex-ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), Celso Pansera, diretor da ICTBr. O debate será ministrado pelo presidente do CONFIES;

O encontro deste ano possui o objetivo de discutir o agravamento da crise orçamentária da ciência e temas de impacto geral e amplo nas fundações de apoio afiliadas. A ideia é fortalecer o modelo IFES/FA, assim como as boas práticas das afiliadas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE








Você pode gostar