Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasil

Casal de propaganda de carro da Volkswagen registra BO após ser alvo de ataque homofóbico

Ainda de acordo com a montadora, comentários ofensivos e desrespeitosos são apagados das páginas da empresa

Por FolhaPress 20/05/2022 6h20
Foto: Divulgação

Marcelo Toledo
Ribeirão Preto, SP

Depois de participarem de uma campanha publicitária do Polo, veículo da Volkswagen, o casal Diego e Murilo Xavier passou a ser alvo de ameaças e ataques homofóbicos. Com isso, eles decidiram registrar na última quarta-feira (18) em Curitiba um boletim de ocorrência sobre o caso.

Os ataques, diz Diego, começaram logo após a veiculação da primeira propaganda do carro, que aconteceu no último dia 6. Entre outras ações, familiares do casal que moram no interior do Paraná sofreram agressões verbais.

Na peça publicitária que gerou as ofensas, o casal aparece abraçado em frete a um veículo da montadora.

O jornalista Diego, 37, que é casado há dois anos com o contador Murilo, 29, disse que nesta sexta (20) foram entregues à polícia prints de ataques que o casal sofreu na internet.

“Tem o crime de homofobia, mas também injúria e que atinge a comunidade toda, não só nós dois. Tentam atacar toda a comunidade LGBT, é nesse viés que vai a investigação”, disse.

O caso foi registrado no Núcleo de Combate aos Cibercrimes da Polícia Civil paranaense.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A primeira foto foi ainda no ano passado, rolou um frisson, mas foi mais localizado. Agora os haters foram para cima inclusive da minha família, que mora no interior e foi agredida verbalmente na rua, dizendo que éramos uma vergonha”, disse Diego.

O casal está sendo apoiado juridicamente por quatro advogados, que vão fazer uma varredura sobre os ataques recebidos nas principais redes sociais para contribuir com a investigação da polícia científica.

O jornalista disse avaliar que muitos dos ataques se devem a machismo, mas também à fragilidade masculina.

“Acredito em muito machismo, patriarcal. O ambiente de carro sempre foi mostrando homem dirigindo em estrada, uma coisa mais intensa. E tem essa coisa de fragilidade masculina também, de alguns se sentindo ofendidos”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ele disse que tem recebido uma grande onda de carinho nas redes sociais e que tem sido amparado pela Volkswagen, que ofereceu apoio jurídico e psicológico.

Por meio de um comunicado, a montadora disse que cada pessoa “tem experiências únicas, que somadas contribuem para fortalecer não somente a cultura da empresa, mas também o ambiente em que vivemos”.

“A diferença enriquece, o respeito une. A Volkswagen do Brasil celebra a diversidade, o respeito e a inclusão. Promover a diversidade e inclusão é um dos pilares estratégicos da marca e temos como premissa garantir um comportamento respeitoso e inclusivo, dentro e fora da empresa, com parceiros diretos ou indiretos de negócio. A Volkswagen lançou cartilhas de Diversidade & Inclusão para os/as colaboradores/as, para toda sua cadeia de fornecedores e rede de concessionárias no Brasil e, continuamente, desenvolve debates e programas de desenvolvimento internos para todas as esferas hierárquicas”, diz trecho do comunicado.

Ainda de acordo com a montadora, comentários ofensivos e desrespeitosos são apagados das páginas da empresa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Temos como responsabilidade continuar aprendendo de que forma podemos contribuir para a luta contra qualquer forma de preconceito, pois consideramos fundamental conciliar as diferenças para a construção de uma sociedade justa para todos.”








Você pode gostar