Brasil

ABCVAC fecha compra de 5 milhões de doses de vacina contra covid-19

As clínicas particulares brasileiras poderão comprar parte das vacinas. Elas têm até sexta-feira (29) para fechar pedidos

A Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) e a importadora Precisa Medicamentos fecharam a compra de 5 milhões de doses da vacina Covaxin, da farmacêutica Bharat Biontech, da Índia. Agora, a ABCVAC negocia com clínicas privadas brasileiras a venda do imunizante.

Cada clínica poderá comprar entre 2 mil e 400 mil doses da vacina. Os valores variam de acordo com a quantidade comprada. Veja:

  • Entre 2 mil e 7,2 mil doses: 40,78 dólares por dose
  • Entre 7.201 e 12 mil doses: 38 dólares por dose
  • Entre 12.001 a 50 mil doses: 39 dólares por dose
  • Entre 50.001 a 100 mil doses: 34,43 dólares por dose
  • Acima de 100 mil doses: 32,71 dólares por dose

A informação é do jornal Valor Econômico. As clínicas interessadas têm até sexta-feira (29) para fechar pedidos. Para reservar o lote, cada clínica deverá pagar 10% do valor do contrato.

Aprovação da Anvisa

Ressalta-se que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) precisa aprovar a covaxin no Brasil e liberar a licença de importação. A expectativa da Bharat Biontech é que isso ocorra em abril.

Atualmente, o imunizante está na fase 3 dos ensaios clínicos com 26 mil pessoas na Índia – a comunidade científica daquele país fez críticas aos estudos da farmacêutica pela falta de transparência nos dados divulgados. A intenção do grupo farmacêutico é terminar essa etapa de estudos até o dia 25 de fevereiro e, em seguida, entrar com pedido de registro definitivo na Anvisa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O governo também está negociando com a Bharat Biotench um lote de 50 milhões de doses, mas anda aguarda o término das pesquisas clínicas.






Você pode gostar