Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Notícias

Bolsonaro recebe apoiadores sem máscara após governo lançar campanha pelo da proteção

No vídeo, transmitido em um canal de YouTube bolsonarista, presidente, seguranças e apoiadores aparecem totalmente desprotegidos, no dia em que o país contabilizou quase 4mil mortos pela covid-19

O Governo Federal iniciou na noite dessa sexta-feira (9), uma campanha a favor do uso de máscara facial e do distanciamento social, para o combate da covid-19. A campanha, publicada em perfis oficiais do Planalto no Twitter e no Facebook, foi autorizada por Bolsonaro, que momentos após a publicação do vídeo, se encontrou apoiadores sem usar o item de proteção.

No vídeo, transmitido em um canal de YouTube bolsonarista, presidente, seguranças e apoiadores aparecem totalmente desprotegidos, no dia em que o país contabilizou quase 4mil mortos pela covid-19.

“Mesmo com a vacinação contra a covid-19 avançando cada vez mais, é muito importante continuarmos cuidando uns dos outros. Por isso, lave sempre as mãos com água e sabão ou utilize álcool em gel, evite aglomerações, mantenha o distanciamento e use máscara”, diz uma das mensagens.

Segundo fontes do governo, nos últimos dias Bolsonaro percebeu que precisava moldar o discurso sobre a pandemia e autorizou a nova campanha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A peça começou a ser preparada antes mesmo da chegada do novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, mas não avançava justamente pela resistência do presidente. Queiroga, porém, insistiu, inclusive publicamente, afirmando que “daria o exemplo” e defenderia o uso de máscara e de medidas de distanciamento.






Você pode gostar