fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

“Sei que errei”, afirma Suzy de Oliveira

“Antes não tive essa oportunidade, agora eu estou tendo apenas que pedir perdão pelo meu erro no passado…”, afirmou Suzy em sua carta

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Na tarde desta segunda-feira (9), a advogada Bruna Castilho compartilhou uma carta escrita a mão por Suzy de Oliveira, a trans que teve o caso como destaque após o dr. Dráuzio Varella contar sua história no Fantástico. 

Após a repercussão do caso, em que o site “O Antagonista” revelou que Suzy estuprou e estrangulou uma menino de 9 aos em 2010, ela afirma que errou e nunca tentou parecer inocente.

Confira o texto na íntegra:

“Eu Suzi Oliveira, ‘Rafael Tadeu’, venho dizer que nas entrevistas ao jornal Fantástico não me foi perguntado nada referente ao B.O. (Boletim de Ocorrência).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Eu sei que eu errei e muito. Em nenhum momento tentei passar como inocente e desde aquele dia me arrependi verdadeiramente e hoje estou aqui pagando por tudo que eu cometi…

Errei sim e estou pagando cada dia – cada hora e cada minuto aqui neste lugar…

Antes não tive essa oportunidade, agora eu estou tendo apenas que pedir perdão pelo meu erro no passado…”




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade