fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Policiais militares são alvos de operação por sequestro de estrangeiro refugiado

Boliviano, que tinha mandado de prisão em aberto no país de origem, estava refugiado no Brasil

Avatar

Publicado

em

foto: divulgação/Polícia Federal
PUBLICIDADE

A Operação Refúgio foi deflagrada pela Polícia Federal (PF). A corporação cumpre alguns mandados de prisão contra policiais militares suspeitos de agirem no sequestro de um estrangeiro refugiado no Brasil. De acordo com a PF, o grupo usou de violência para sequestrar a vítima em um comércio localizado em Corumbá-MS.

A vítima, um boliviano que tinha mandado de prisão em aberto no país de origem, estava refugiado no Brasil. Em agosto de 2019, os policiais militares invadiram o comércio onde o homem estava e o sequestraram. O boliviano foi deixado em Porto Quijarro, na Bolívia. 

A PF investigou o caso e descobriu a identidade dos envolvidos. Alguns dos suspeitos chegaram a se passar por policiais federais. Os suspeitos vão responder pelo sequestro e migração ilegal com o uso da violência. As autoridades irão entrar em contato, pelos meios oficiais, com o governo boliviano para que sejam tomadas as medidas devidas. A PF também fez a apreensão de algumas armas que teriam sido usadas pelos suspeitos.

Participam da operação 41 policiais federais e 10 policiais militares da Corregedoria da corporação.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade