Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Brasília

PM invadiu casa e executou jovem, diz família

A família contou que o rapaz não tinha passagem pela polícia e, mesmo sem reagir à abordagem, levou pelo menos três tiros

Foto: reprodução de TV

Em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, uma família denuncia que policiais militares invadiram a casa onde moram e executaram um jovem de 18 anos.

A família contou que o rapaz não tinha passagem pela polícia e, mesmo sem reagir à abordagem, levou pelo menos três tiros.

De acordo com informações do g1, as polícias militar e civil não se manifestaram sobre o caso até a publicação da reportagem.

Conforme os familiares, o jovem Miguel Reinaldo tinha uma arma de fabricação caseira, o que pode ter levado os policiais a desconfiarem o jovem.

Familiares do jovem disseram que os policiais entraram na casa sem mandado judicial e o encontraram no corredor onde os disparos aconteceram.

“Ele não estava correndo, não tentou fugir. A perícia mostrou que não tem nenhum tiro disparado na direção dos policiais, só na direção do Miguel. Ele não teve chance de defesa. Só no peito foram três tiros”, disse um familiar

“Depois de matar o Miguel, os policiais ainda tentaram entrar na casa para mudar o local do crime, mas a gente e a população ao redor não deixou”, afirmou a advogada

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Polícia Civil informou que não vai se pronunciar sobre o caso por ser uma morte em confronto








Você pode gostar