fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Pastora é morta a tiros por ex-marido enquanto pregava em culto

Medida protetiva contra ele foi concedida uma semana antes do crime 

Lindauro Gomes

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

 A pastora Rose Meire Fermino de Andrade Mendonça, de 48 anos, foi morta pelo ex-marido na noite desta terça-feira (27). A mulher tentava o tirar de casa há 10 anos. Catorze dias antes do crime, ela esteve na delegacia e contou que o casamento já tinha chegado ao fim, embora estivessem morando na mesma casa há 28 anos.

 Conforme o boletim de ocorrência, feito no dia 13 deste mês, a vítima dizia que ambos tiveram um relacionamento por 28 anos, tendo dois filhos. No entanto, Rosemeire e o motorista de caminhão Carlos Alberto Mendonça, de 58 anos, “mal se falavam” e ela estava com medo da separação. A mulher solicitou medida protetiva e o pedido foi concedido no dia 20 de agosto.

 A vítima foi assassinada a tiros dentro da igreja de Aquidauana-MS, ela estava fazendo a pregação, quando o homem entrou e atirou. Tudo aconteceu na frente dos fiéis. Rose Meire morreu no local e o ex-marido fugiu. Enquanto a polícia fazia as buscas, fiéis comunicaram que ele havia retornado à igreja e tentado suicídio. 

 O homem foi socorrido, levado para o hospital da cidade e está sob custódia da polícia.  


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade