fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Pai acompanha casamento da filha em seu último dia de vida; cerimônia ocorreu em hospital

Cerimônia foi adiantada para que pai, que estava em estágio terminal de câncer, pudesse participar da celebração

Avatar

Publicado

em

Foto: Arquivo pessoal
PUBLICIDADE

O piloto de avião Glauco Palheta, de 56 anos, participou da cerimônia do casamento da filha, de 22 anos, um dia antes de falecer em decorrência de um câncer em estágio avançado. Ele estava internado no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo.

O casamento da filha de Glauco, a estudante Gabriela, de 22 anos, estava marcado para acontecer no final de maio. No entanto, a cerimônia foi adiantada para que Glauco, que estava em estágio terminal de câncer, pudesse participar da celebração. O casamento ocorreu no último dia 5 de abril. A cerimônia, realizada dentro do hospital, exigiu cuidados redobrados, devido a pandemia do novo coronavírus.

Glauco recebeu o diagnóstico de câncer de próstata em abriu de 2019. Apesar dos esforços da família, a doença se agravou em menos de dois meses. No início de fevereiro, o câncer se espalhou. Se alastrou pelo fígado e pelo pâncreas. Há cerca de um mês, a família de Gabriela foi informada de que não havia mais tratamento possível.

Dessa forma, Gabriela sugeriu ao noivo, o designer gráfico Thalles Tonini, de 26 anos, que o casamento fosse realizado no hospital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Através do programa “Yes, we care”, o Hospital Oswaldo Cruz realiza pedidos de pacientes que passam por tratamentos delicados. A unidade  já realizou diversas outras cerimônias.


Leia também
Publicidade