Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Namorada de Rafael Miguel relata último encontro com o ator

O casal namorava há um ano e dois meses. O assassino, que seria o pai de Isabela Tibcherani, também matou os pais de Rafael Miguel

Publicado

em

Isabela Tibcherani, namorada de Rafael Henrique Miguel, ator assassinado no último domingo, 9, usou suas redes sociais para lamentar a morte do companheiro e pedir respeito pelo momento de luto. O casal namorava há um ano e dois meses. O assassino, que seria o pai de Isabela, também matou os pais do jovem ator.

Em uma publicação no Facebook, a jovem de 18 anos compartilhou imagens do último encontro que teve com o namorado: “E ontem a gente se reencontrou, depois de meses, apenas sonhando com esse momento, contando os segundos, os dias. E aconteceu. O melhor dia das nossas vidas, de longe. Dá pra ver pelo nosso olhar, nesse momento éramos só você e eu, em meio a todas aquelas pessoas, não tinha mais nada além de nós dois”.

Em outro trecho do texto, Isabela relata o sofrimento que está vivendo, mas promete se lembrar do namorado para sempre: “Tá muito difícil de assimilar mas eu quero pensar em você como o homem iluminado que é, o homem que me orgulha, que me fez a mulher mais feliz do mundo. Lutamos juntos, até o final. Mas não é o fim, meu príncipe, jamais será. Eu vou honrar nossa história, vou realizar nossos sonhos, todos que eu puder! Eu jamais amei alguém como amo você. E jamais amarei outro”, disse

Na madrugada desta segunda-feira, 10, a jovem publicou mais mensagens em seu perfil na rede social. “Só queríamos ser livres pra amar, sem medida”, escreveu em uma nova postagem. Em outra, pede respeito pelo momento de luto: “Peço, encarecidamente, que respeitem esse momento. Antes dele ser uma figura pública, ele era um ser humano. O ser humano mais maravilhoso que existiu. Atacar a mim e aos restantes familiares e amigos não vai trazer ninguém de volta. Tenham compaixão”.

O crime

Rafael Henrique Miguel tinha 22 anos e foi morto com os pais dentro da casa da namorada neste domingo, 9, no bairro da Pedreira, na zona sul de São Paulo. O ator, o pai, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e a mãe, Miriam Selma Miguel, de 50, foram recebidos pela garota e a mãe dela. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública, durante a conversa, o pai da menina, o comerciante Paulo Curpertino Matias, de 48 anos, chegou ao local armado e disparou contra as três vítimas e fugiu. 

Estadão Conteúdo


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade