fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Museu expõe bifes produzidos a partir de células humanas

A obra foi inaugurada no Design Museum em outubro de 2019 e o artista recebeu diversas críticas, sendo chamado de “diabólico” e “perverso”

Avatar

Publicado

em

Foto: Philadelphia Museum of Art/Joseph Hu
PUBLICIDADE

O Design Museum em Londres movimentou as redes sociais nas últimas semanas. Estão sendo exibidos bifes de carne produzidos a partir de células humanas com o objetivo de criticar o consumo excessivo de células vivas de animais e gerar uma discussão sobre bioética.

O artista e professor de Belas Artes da Stuart Witzman School of Design, na Universidade da Pensilvânia, Orkan Telhan, estudou e imaginou de que forma o futuro do consumo alimentar será afetado pela mudança climática mundial.

A obra foi inaugurada no Design Museum em outubro de 2019 e o artista recebeu diversas críticas, sendo chamado de “diabólico” e “perverso”, com pessoas sugerindo que a obra seja destruída. “Rapidamente o foco passou para as acusações de que estávamos promovendo o canibalismo. Uma má interpretação que foi politizada erroneamente porque humanos comendo um ao outro é um tema tabu”, afirmou o artista ao jornal americano The New York Times.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade