fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Ministério Público pede que ‘Marcola’ seja condenado por roubo milionário em 2000

Crime do roubo de R$ 1,4 milhão, que foram subtraídos da empresa Nordeste Segurança de Valores (NSV), localizada em Caucaia, na Grande Fortaleza, está a um ano de prescrever

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução/CRPPB
PUBLICIDADE

O Ministério Público do Ceará (MPCE) entrou com um pedido na Justiça para que Marcos William Herbas Camacho, o ‘Marcola’, seja condenado por um roubo milionário que ocorreu em 18 de fevereiro de 2000. Marcola é considerado o líder da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

O crime do roubo de R$ 1,4 milhão, que foram subtraídos da empresa Nordeste Segurança de Valores (NSV), localizada em Caucaia, na Grande Fortaleza, está a um ano de prescrever. O MPCE suspeita que ‘Marcola’ seria “o mentor intelectual” que participou do roubo.

Na última quinta-feira (12), a 6ª Promotoria de Justiça de Caucaia pediu a condenação de Marcola. Ele é suspeito de ter cometido o roubo majorado com emprego de arma de fogo, concurso de pessoas e transporte de valores; e extorsão mediante sequestro qualificada, pela vítima ser menor de 18 anos.

Ao todo, as investigações apontam que cerca de 20 suspeitos participaram da ação. Na ocasião, dois funcionários da NSV e familiares deles foram sequestrados para que os assaltantes entrassem na sede da empresa, localizada na Avenida Coronel Correia, bairro Parque Soledade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além da condenação pelo roubo, o MPCE também pede que Marcola continue preso de forma preventiva. O suspeito está detido na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Brasília. O órgão alega que “é medida que se nos afigura necessária como garantia da ordem pública, dada a periculosidade do mesmo e a gravidade ‘in concreto’ do delito praticado”.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade