fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Jovem que matou japonesa em Abadiânia confessou ter estuprado a vítima

“A intenção era roubá-la, mas ele a viu saindo da cachoeira de biquíni e acabou a estuprando”, afirmou a delegada que cuida do caso

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Rafael Lima Costa, de 18 anos, confessou em depoimento que matou e estuprou Hitomi Akamatsu, de 43 anos. A japonesa foi encontrada morta em uma cachoeira da Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, no início do mês.

“A intenção era roubá-la, mas ele a viu saindo da cachoeira de biquíni e acabou a estuprando”, disse a delegada Isabella Lima e Silva. “Ele disse que resolveu estuprá-la porque ela estava ali na cachoeira, de biquíni, e não tinha nenhum objeto valioso para ser roubado. Ele ejaculou no rosto da vítima e então a matou”.

Isabella decidiu interrogar novamente o acusado após resultado da perícia feita no corpo de Hitomi. Isso porque o laudo apontou traumatismo craniano como causa da morte. “Interrogamos o suspeito novamente e ele acabou confessando que estuprou a japonesa”, conta a delegada. “A morte foi causada por um traumatismo craniano, provocado provavelmente por um objeto contundente, que acredito ter sido uma pedra.”

Preso desde 17 de novembro, Rafael ainda não havia confessado que estuprou a vítima. À época, ele disse que enforcou Hitomi após roubá-la. Ele será indiciado por latrocínio, estupro e ocultação de cadáver.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Acidente de Fukushima

Hitomi estava na casa Dom Inácio de Loyola há cerca de dois anos para se curar de sequelas da exposição à radiação do acidente nuclear da usina de Fukushima, em 2011. O local é de propriedade de João Teixeira de Faria, o João de Deus, médium condenado a 60 anos de prisão por abusar sexualmente de suas pacientes.

Pelos arredores da casa, Hitomi era querida e educada, mesmo não conseguindo falar português fluentemente. Os vizinhos a conheciam pela suposta ligação com o acidente de Fukushima e pela conexão com experiências paranormais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A oriental chegou a estrelar um documentário em 2013. “Hitomi and the God Particle” (Hitomi e a Partícula de Deus) narra a jornada da japonesa durante um treinamento no Havaí para desenvolver a capacidade de ver lugares ou vivenciar experiências à distância, por meio de habilidades paranormais. O filme chegou a estar disponível no catálogo da Amazon.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade