fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Jovem é assassinada com golpes de picareta; companheiro confessou o crime

Suspeito cumpria pena no Presídio Regional de Montes Claros e passou para o regime domiciliar em junho

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

Yara Siqueira Batista, de 22 anos, é mais uma vítima de feminicídio no Brasil. O suspeito, identificado como Gabriel, teria matado a jovem com golpes de picareta, na manhã desta segunda-feira (10). Ao ser encontrado pela Polícia Militar no local do crime, ele confessou que havia matado a companheira.

De acordo com a polícia, durante uma discussão do casal, o homem teria iniciado as agressões que culminaram na morte da jovem. O crime ocorreu em Montes Claros-MG.

Gabriel tem várias passagens por tráfico. Ele cumpria pena no Presídio Regional de Montes Claros e passou para o regime domiciliar em junho. Yara também possuía passagem por tráfico.

De acordo com algumas testemunhas, na noite do crime o casal, que morava em um barracão no fundo da casa avó do suspeito, fazia uso de entorpecentes. As testemunhas relataram ainda que os dois brigavam constantemente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu) chegou até o local, mas a equipe apenas confirmou o óbito da jovem, que recebeu vários golpes de picareta na cabeça, no rosto e pelo corpo. A Polícia Militar encontrou o homem na cena do crime. Na ocasião, ele disse que “queria se entregar”, pois havia matado a mulher com golpes de picareta.

Gabriel foi detido e encaminhado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Montes Claros. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) da cidade.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade