fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Irlanda cria robô capaz de matar coronavírus

Robô é capaz de realizar limpezas profundas em ambientes através de dispositivo que emite luz ultravioleta

Avatar

Publicado

em

Foto: Akara Robotics
PUBLICIDADE

A empresa Akara Robotics, fundada no Trinity College, da Irlanda criou um robô capaz de realizar limpezas profundas em ambientes. O Robot Violet, como foi chamado, mata qualquer tipo de vírus e pode desinfectar hospitais.

Além de acabar com vírus, Violet é capaz de higienizar um quarto na metade do tempo convencional.

A luz tubular ultravioleta (UV) flutua pelo quarto durante a limpeza. São raios UVC disparados em comprimentos de onda muito curtos. A emissão é capaz de decompor o DNA de micróbios,  além de impedir a replicação e a propagação de germes, o que inclui o coronavírus.

Uma das grandes vantagens, além da velocidade, é que o robô permite que o trabalho seja feito sem que haja contato humano e impede uma possível contaminação. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Esse sistema pode reduzir a dependência do uso de soluções químicas, o que pode ser eficaz, mas exige que as salas sejam desocupadas por várias horas durante a esterilização, tornando-as impraticáveis para muitas partes do hospital”, disse o criador de Violet, Connor McGinn, no Twitter.

Por serem prejudiciais aos seres humanos, os raios UV são desligados automaticamente ao detectarem a presença de pessoas. 

A Akara Robotics espera produzir 50 unidades nas próximas semanas e seu primeiro robô deve trabalhar já nesta Páscoa.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade