fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Idoso tenta retirar de casa material acumulado pela esposa durante 20 anos

Imóvel tem tanto material acumulado que idoso precisou abrir um buraco no muro para poder entrar e sair de casa 

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Durante 20 anos uma mulher de 77 anos acumula materiais em casa. O esposo dela, Benedito Togni, tem 82 anos e decidiu tentar retirar o material acumulado da casa, que fica no Jardim Três Marias, em Salto (SP).

Nesta segunda-feira (22), sem saber como pôr fim à situação, Benedito jogou parte do material na Rua Monteiro Lobato. A maior parte do lixo é formada por caixas de papelão, vidro e móveis antigos.

“Desde que a mãe dela morreu, nos anos 90, ela começou a pegar as coisas na rua e trazer para casa. Não sei o que fazer. Para tentar pôr um fim nisso, joguei um pouco na rua. Estou com pontos de uma cirurgia, sou doente, não dá para viver assim”, disse. A idosa disse que “guarda o que precisa”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O casal não tem filhos e os parentes mais próximos são os irmãos que moram na mesma rua e também são idosos. 

O volume do material é tão grande que o portão da garagem foi totalmente bloqueado. Por conta disso, o idoso precisou abrir um buraco no muro para conseguir entrar e sair. “Minha preocupação é também com dengue e outras doenças. Vai saber o que pode sair disso tudo”, comentou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma equipe da Defesa Civil esteve no imóvel e uma pequena limpeza foi realizada na calçada.

Acumulação compulsiva é um transtorno psicológico onde a pessoa tem o hábito incontrolável de juntar roupas, objetos, papéis e todo tipo de entulho que, para ela, possui algum valor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2013, o transtorno foi classificado como doença mental pelo Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade