fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homofobia: estudantes agridem jovem por ele ser gay e são presos

Nas imagens, é possível ver um dos estudantes dando socos na vítima. Um terceiro membro teria jogado um copo na cara do agredido

Willian Matos

Publicado

em

Foto: Reprodução/YouTube
PUBLICIDADE

Da redação
[email protected]

A Polícia Civil prendeu dois estudantes de 20 anos suspeitos de agredir um jovem de 24 anos por ele ser gay. Imagens de câmeras de segurança mostram os agressores dando socos, correndo atrás da vítima e sorrindo. Veja:

Apesar de a imagem só mostrar dois agressores, o jovem afirma que eles eram três, e que o terceiro lançou um copo no rosto dele. “Me xingando de ‘viado’, de ‘bicha’, falando que minha roupa era roupa de ‘bicha’, que eu tinha que morrer porque não é certo ser ‘viado’. Que eu era ‘viado’ porque eu não apanhei o suficiente quando eu era criança. Que eles iam me ensinar a ser homem na porrada”, contou, ao portal G1.

Segundo o delegado que investiga o caso, Carlos Caetano, um deles (o de capuz) disse ter sido provocado pela vítima e por isso a agrediu. O segundo diz que não fez nenhuma agressão. Os dois negam que foram homofóbicos.

Homofobia

Em junho, a homofobia foi considerada crime no Brasil pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e se enquadra nas mesma Lei de Racismo, que é um crime inafiançável e pode ser punido com um a cinco anos de prisão e, em alguns casos, pagamento de multa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade