fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Homens são condenados por injúria racial em caso de Maju Coutinho

Além das injúrias, os réus foram condenados por corrupção de menores já que incentivaram dois jovens à prática dos mesmos crimes.

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Nesta segunda-feira (9), dois homens foram condenados pelo Tribunal de Justiça de São Paulo por racismo e injúria racial contra a apresentadora Maju Coutinho, âncora do Jornal hoje, da TV Globo. 

De acordo com o juiz Eduardo Pereira dos Santos Júnior, da 5ª Vara Criminal da Capital Paulista, os rapazes, Érico Monteiro dos Santos, e Rogério Wagner Castor Sales, usaram de perfis falsos para proferir xingamentos e ofensas contra a apresentadora. 

Na sentença o juíz escreveu “Na liderança da comunidade cibernética denominada ‘Warning’, e sob pena de exclusão, ordenaram que seus membros efetuassem postagens de cunho preconceituoso e discriminatório contra a raça negra e a cor preta, o que efetivamente aconteceu, e de modo maciço e impactante.”

Érico foi sentenciado a seis anos de reclusão, enquanto Rogério foi condenado a cinco anos em regime semiaberto, mais multa. Além das injúrias, os réus foram condenados por corrupção de menores já que incentivaram dois jovens à prática dos mesmos crimes. Eles podem recorrem em liberdade. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade