fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Filha de prefeito é resgatada de sequestro após ficar 130 horas em cativeiro

Tamires foi encontrada em Cantagalo, a aproximadamente 40 quilômetros de onde o pai atua como prefeito

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução/Facebook
PUBLICIDADE

A médica Tamires Gemelli Silva Mignoni, que é filha do prefeito de Laranjeiras do Sul, no sudoeste do Paraná, ficou 130 horas em um cativeiro após ter sido sequestrada. Na noite desta quarta-feira (21) ela foi resgatada, após ter sido vítima do sequestro mais longo da história do estado. O sequestro ocorreu no final da manhã de sexta-feira (16) na cidade de Erechim, no Rio Grande do Sul, onde ela trabalha.

Tamires foi encontrada em Cantagalo, a aproximadamente 40 quilômetros de onde o pai atua como prefeito. Para a operação de resgate, foram mobilizadas equipes do conjunto Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), do Paraná, e do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), do Rio Grande do Sul.

De acordo com a Polícia Civil, Tamires foi sequestrada ao sair do trabalho e levada no próprio carro pelos suspeitos. No mesmo dia, os policiais encontraram o veículo. No entanto, os suspeitos já haviam trocado de carro e levado a vítima para um cativeiro.

No momento do resgate, três pessoas foram presas, sendo dois homens e uma mulher. A médica não tinha ferimentos. Já na madrugada desta quinta-feira (22), Tamires se reencontrou com a família em Laranjeiras do Sul.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade