fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Criança tem convulsão e morre após ser estuprada e asfixiada por vizinho

O suspeito de 20 anos confessou o crime, dizendo ter aproveitado que a criança estava sozinha em casa

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
[email protected]

Na tarde desta quinta-feira (18) uma menina de apenas oito anos morreu depois de ser estuprada e asfixiada por um vizinho de 20 anos. O caso aconteceu no Bairro São José, em Sorriso (400 km de Cuiabá).

Conforme o boletim de ocorrência registrado pelo pai da vítima, que é separado da mãe, com quem a menina mora, a criança sofreu uma convulsão e foi levada pelos pais às pressas para o Hospital Regional de Sorriso.

Ela chegou ao hospital enrolada em um cobertor, “fria, com cianose central, resíduos de sangue nos lábios, hiperemia de conjuntivas, não havia restos alimentares em vias aéreas na hora da intubação e com rigidez de articulações”, diz trecho do boletim.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na unidade hospitalar, os médicos fizeram manobras de ressuscitação por 45 minutos, sem nenhum indício de resposta, e a menina acabou morrendo.

O médico responsável pelo atendimento pediu que fosse feita a necropsia para ser descoberta a causa da morte.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por volta das 23h30 o médico legista entrou em contato com o delegado informando que a menina apresentava sinais de abuso sexual e indícios de morte violenta.

Investigadores da Polícia Judiciária Civil de Sorriso, então, foram até o bairro da família e começaram a ouvir familiares e vizinhos, encontrando contradições nas declarações de alguns jovens, vizinhos da frente da casa da vítima.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entre as contradições, um jovem de 20 anos disse que tinha ido dormir por volta das 20 horas da quarta-feira (17) e não tinha mais saído de casa. Um amigo que divide o quarto com ele, porém, afirmou que os dois tinham ficado bebendo catuaba durante a noite e, por volta de 1 hora da madrugada, o jovem de 20 anos havia saído de casa e retornado quase às 2 horas.

Todos os jovens e adolescentes moradores da casa foram levados para a delegacia, onde foram questionados pela Polícia Civil. O jovem de 20 anos, então, resolveu confessar o crime.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
>

Ele afirmou que durante a madrugada após consumir bebidas alcoólicas e drogas, aproveitou que a vizinha de oito anos estava sozinha, foi até a casa dela e, enquanto ela dormia, a asfixiou e abusou sexualmente dela.

Conforme o boletim de ocorrência, durante o ato o rapaz percebeu que a menina não respirava mais. Então a vestiu novamente e fugiu para a casa dele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Diante da confissão, o suspeito foi preso em flagrante e será indiciado por estupro de vulnerável e homicídio doloso, quando há intenção de matar.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade