fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Com paralisia cerebral severa, menino de quatro anos anda pela primeira vez

A cirurgia ocorreu em junho de 2019 e, no último dia 13, ele deu os primeiros passos com a ajuda de um andador

Aline Rocha

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da Redação
redacao@grupojbr.com

Um menino que nasceu com paralisia cerebral gravíssima andou pela primeira vez graças a uma cirurgia revolucionária. Bleu Greenwood, 4 anos, foi diagnosticado com a forma mais grave de paralisia cerebral com apenas quatro meses. 

Quando foi diagnosticado, Bleu não conseguia manter a própria cabeça firma, já que os músculos eram muito fracos. Os pais escutaram dos médicos do menino que ele precisaria se locomover com uma cadeira de rodas pelo resto da vida. 

Além disso, os médicos também não fizeram a cirurgia pelo sistema público de saúde de Leicester, na Inglaterra, já que o grau de paralisia cerebral do menino é 5 e o sistema público de saúde da Inglaterra não faz cirurgias em casos assim por causa das baixas chances de sucesso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os pais não desistiram de lutar pelo filho e hoje, aos quatro anos, ele conseguiu andar pela primeira vez. Os pais pouparam R$ 55 mil para custear a cirurgia revolucionária que iria ajudar na reparação da coluna vertebral de Bleu. 

A cirurgia ocorreu em junho de 2019 e, no último dia 13, ele deu os primeiros passos com a ajuda de um andador. 

A mãe de Bleu, Rielle Chapple, falou sobre a emoção de ver o filho dar os primeiros passos. “Foi tão emocionante porque nós nunca pensamos que isso iria acontecer. Isso mostra o quão determinado meu filho é e nós estamos muito orgulhosos dele! Nós fizemos uma celebração imensa quando ele andou pela primeira vez. Todo mundo estava chorando porque era um momento muito feliz. E o Bleu também ficou muito feliz”, afirmou Rielle em entrevista para a imprensa local.

Ela ainda concluiu dizendo: “A cirurgia deu uma nova vida ao meu filho. Melhorou a qualidade de vida dele completamente! A operação deixou ele mais independente! Eu não sei o que o futuro aguarda, mas nós só queremos garantir que ele tenha uma vida feliz e com todas as suas possibilidades”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade