Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Cobra com duas cabeças vive nos EUA há 17 anos

Conforme o biólogo Seteve Allain, em entrevista ao jornal The Daily Mail, a possibilidade de encontrar uma cobra com duas cabeças é de 1 em 100 mil

Uma cobra com duas cabeças, classificada como Pantherophis obsoletus, vive em um Centro de Conservação da Natureza há 17 anos nos Estados Unidos, em Missouri, mais especificadamente.

A existência desse tipo de animal já é considerada rara pelos especialistas, mas, quando colocada em conta o tempo de vida que essa cobra em específico alcançou, a raridade fica ainda maior.

Conforme o biólogo Seteve Allain, em entrevista ao jornal The Daily Mail, a possibilidade de encontrar uma cobra com duas cabeças é de 1 em 100 mil, de ela viver 17 anos é de 1 em 100 milhões.

“Eu sei de outra cobra de duas cabeças que sobreviveu até os 20 anos, então não é impossível para elas sobreviverem tanto tempo”, disse Allain, membro da Sociedade Britânica de Herpetologia.

O que contribuiu com a longevidade do animal foi a criação em cativeiro, visto que as duas cabeças dividem o mesmo sistema digestivo. Em habitat natual, ela teria dificuldade de se alimentar.








Você pode gostar