fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Cadela que foi vítima de estupro é adotada e ganha novo nome

Exames confirmaram que Branquinha foi estuprada e o principal suspeito era o candidato a vereador Sandoval Leão (PT), que foi encontrado morto 12 dias após o crime

Avatar

Publicado

em

Foto: Reprodução
PUBLICIDADE

A cadela Branquinha, que foi vítima de estupro, conseguiu um novo lar. Rebatizada como Vitória, ela foi adotada por seus novos tutores, que já têm um outro cachorro, de nome Magno. Nessa segunda-feira (23), Vitória se mudou para o novo lar.

A confirmação da adoção foi divulgada por meio de um vídeo. No registro, o médico veterinário Gabriel de Godoy informa que a cadela passou por diversos exames e está se mudando para o novo lar.

“Hoje nós estamos despedindo da Branquinha porque ela ganhou um novo lar”, disse ao lado da cadela e dos novos tutores.

Crime de estupro

Exames confirmaram que Branquinha foi estuprada e o principal suspeito era o candidato a vereador Sandoval Leão (PT). O crime teria ocorrido no último dia 31 de outubro e foi flagrado por um morador de Caldas Novas conhecido como Josiel dos Cachorros. A testemunha denunciou o ocorrido nas redes sociais e à Polícia Civil. Posteriormente, a cadela foi encaminhada para uma clínica veterinária, onde foram realizados os exames que constataram a violência sexual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Doze dias após o crime, o vereador foi encontrado morto. A principal hipótese é de que ele tenha cometido suicídio. Uma carta foi encontrada no lote baldio onde o corpo de Sandoval estava. No documento, ele pede perdão aos familiares, a Deus e até ao ex-presidente Lula pelo crime cometido.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade