fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Na Hora H!

Aos 98 anos, médico continua visitando seus pacientes

Ele reconhece o risco mas afirma que não deixará de visitá-los. “Não posso abandoná-los”, explica. “Eles não vão conseguir se virar sozinhos”

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Por causa da pandemia do novo coronavírus, que atingiu o mundo todo, o médico francês Christian Chenay precisou fechar as portas de seu consultório em Paris e começou a atender de maneira virtual. 

Ainda assim, Chenay manteve o hábito visitar seus pacientes em uma casa de repouso. O médico, entretanto, já faz parte do grupo de risco, pois tem 98 anos. 

Segundo a BBC, o médico é o mais velho da França e disse que sua mulher está morrendo de medo com a possibilidade de ele levar a doença para dentro de casa.

Ele reconhece o risco mas afirma que não deixará de visitá-los. “Não posso abandoná-los”, explica. “Eles não vão conseguir se virar sozinhos.”

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade