Jornal de Brasília

Informação e Opinião

Na Hora H!

Adolescente se grava sendo estuprada pelo padrasto

A garota contou que só contaria à família quando tivesse provas do crime

Imagem ilustrativa, vítima de abuso sexual que não se identificou. Foto: Breno Esaki

Em Praia Grande, no litoral de São Paulo, uma adolescente de 14 anos se gravou sendo estuprada pelo padrasto, de 44. A garota contou que só contaria à família quando tivesse provas do crime.

De acordo com a irmã da vítima, os abusos aconteciam desde quando a menina tinha apenas 7 anos. O padrasto é casado com a mãe dela há 12 anos e, de uns meses para cá, os abusos se tornaram frequentes.

Conforme relatado pela irmã da adolescente, o padrasto a ameaçava e pegava o celular dela antes dos abusos. A garota disse ainda que havia diálogo com sua mãe.

“Minha mãe nunca falou sobre sexo com ela [vítima]. Ela só foi entender o que estava acontecendo com 12 anos, na escola”, contou a irmã.

No mês passado, o padrasto pensou que a menina estivesse dormindo, e começou a praticar o abuso sexual. A jovem acordou e conseguiu registrar o momento com um celular escondido.

Uma semana depois de registrar a gravação, a adolescente procurou a irmã, que não mora em sua casa, e denunciou o padrasto. As irmãs então contaram para a mãe e o homem foi denunciado na Delegacia de Defesa da Mulher.

“Ela [mãe] não iria só acreditar em palavras, ela era muito apaixonada por ele [padrasto]. Quando ela viu o vídeo, ficou paralisada”, disse a irmã

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE






Você pode gostar