fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Vídeos: após reeleição de Evo Morales, protestos tomam conta da Bolívia

Manifestantes foram às ruas alegando fraude nas eleições. Tribunal Eleitoral do país retomou sistema de votos que dá vitória a Morales

Willian Matos

Publicado

em

PUBLICIDADE

Da redação
redacao@grupojbr.com

Após o Tribunal Eleitoral da Bolívia retomar um sistema de recontagem rápida de votos e situar, com 46,86%, o presidente Evo Morales na liderança para a corrida à presidência, parte da população do país decidiu protestar nas ruas contra a possível reeleição. Se o método indicado pelo tribunal fosse utilizado de forma oficial, o candidato do Movimento ao Socialismo estaria reeleito em primeiro turno.

 

Na contagem, Morales (46,86%) fica à frente de Carlos Mesa (36,72%). Os aliados do vice-colocado questionam os resultados, enquanto os correligionários de Morales comemoram.

“[O tribunal eleitoral] fraudou a apuração e deu 10 pontos de diferença (para Morales). Agora imagino que vão aumentar isto, consumando a fraude, consumando um roubo eleitoral inaceitável”, denunciou Mesa. No  chamado “cômputo oficial”, que contabiliza os votos individuais, há virtual empate entre os dois favoritos. Com 61,9% das atas apuradas (até às 22h30 de Brasília), Mesa tinha 42,51% dos votos contra 42,24% de Morales.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade