Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Turquia conclui preparativos para operação militar na Síria

“Todos os preparativos para uma operação foram concluídos”, afirmou o ministério no Twitter

Publicado

em

Publicidade

O ministério da Defesa da Turquia anunciou nesta terça-feira que concluiu os preparativos para o início de uma operação contra a milícia curda no norte da Síria, em um cenário de confusão sobre o apoio ou não dos Estados Unidos à incursão.

“Todos os preparativos para uma operação foram concluídos”, afirmou o ministério no Twitter.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, declarou na segunda-feira que o exército do país estava pronto para iniciar a qualquer momento as operações contra as milícias curdas das YPG na Síria, depois de receber uma aparente luz verde do presidente americano Donald Trump.

Mas Trump, que deu a impressão de abandonar as YPG – aliadas essenciais de Washington na luta contra o grupo Estado Islâmico (EI) na região – retificou algumas horas depois sua posição, sob a pressão internacional e de seu próprio campo republicano, e advertiu a Turquia para que “não ultrapasse os limites”.

“Se a Turquia fizer algo que eu, com minha grande e incomparável sabedoria, considerar que está fora dos limites, destruirei e arrasarei totalmente a economia da Turquia”, advertiu Trump no Twitter.

Após uma conversa telefônica no domingo entre Erdogan e Trump, a Casa Branca anunciou de maneira surpreendente a retirada das tropas americanas da região.

Publicidade

A decisão foi justificada porque a Turquia estava se preparando para “a operação prevista há muito tempo” contra as YPG na Síria.

A Turquia considera “terroristas” as milícias curdas da Síria, por seus vínculos com o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), uma organização curda que protagoniza uma violenta guerrilha em território turco desde 1984.

Agence France-Presse


Você pode gostar
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *