fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Trump envia carta à Coreia do Norte com ajuda no combate à pandemia de vírus

Kim Yo Jong disse que a carta de Trump é “um bom exemplo mostrando as relações pessoais firmes entre os líderes norte-coreanos e norte-americanos”

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O presidente dos EUA, Donald Trump, enviou uma carta pessoal para o líder da Coreia do Norte, Kim Jong Un, buscando manter boas relações e oferecendo cooperação no combate à pandemia do novo coronavírus, disse a irmã de Kim neste domingo

Em uma declaração da Agência Central de Notícias da Coreia do Norte, a irmã de Kim e a principal autoridade do partido no poder, Kim Yo Jong, elogiou Trump por enviar a carta em um momento em que “grandes dificuldades e desafios estão à frente no caminho de desenvolver laços” entre os países. A Casa Branca, porém, ainda não comentou sobre a carta.

Na carta, ela disse que Trump explicou seu plano para “impulsionar as relações entre os dois países e expressou sua intenção de prestar cooperação no trabalho para conter a pandemia” em uma aparente referência ao surto global de coronavírus. Ela disse que seu irmão expressou sua gratidão pela carta de Trump.

A Coreia do Norte tem afirmado repetidamente que não houve um único caso de coronavírus em seu território. Alguns especialistas estrangeiros questionam essa afirmação e dizem que um surto na Coreia do Norte pode causar um desastre humanitário por causa de sua pobreza e falta de infraestrutura médica.

Kim Yo Jong disse que a carta de Trump é “um bom exemplo mostrando as relações pessoais firmes entre os líderes norte-coreanos e norte-americanos”. Mas ela disse que não é uma boa ideia “tirar conclusões precipitadas ou ter otimismo” sobre a perspectiva das relações bilaterais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

Estadão Conteúdo


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade