fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Sob pandemia, Holanda permite que solteiros escolham (só) um ‘amigo sexual’

Na Holanda, que chama suas medidas de restrição de “lockdown inteligente”, desde 23 de março era permitido receber até três visitas que morassem em casas diferentes

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Ana Estela de Sousa Pinto
Bruxelas, Bélgica 

Solteiros sentindo falta de intimidade devem escolher um “amigo sexual” ou “amigo de abraço”, recomendou nesta sexta (15) em seu site o Instituto Nacional de Saúde Pública da Holanda (RIVM). O governo, porém, ressalva que a proximidade física deve ser “sempre com a mesma pessoa”.

Na Holanda, que chama suas medidas de restrição de “lockdown inteligente”, desde 23 de março era permitido receber até três visitas que morassem em casas diferentes, mas sob a condição de manter distância de 1,5 metro.

Mas o instituto incluiu orientações para os solteiros depois de críticas contra o título “A regra de 1,5 metro permite que você faça sexo apenas com seu parceiro regular”, em sua página de informações de saúde.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No novo texto, o RIVM diz que “faz sentido que, como solteiro, você também queira ter contato físico”, mas sugere que todos negociem regras com seu “amigo sexual” para evitar maiores riscos.

Não deve haver proximidade se um dos dois tiver sintomas de gripe, e o ideal é que eles se encontrem o menos possível outras pessoas. “Faça bons acordos e limite o risco de coronavírus. Quanto mais pessoas você vê, maior a chance de contágio.”

No texto anterior, que já permitia o sexo para parceiros regulares, o instituto acrescentava: “Afinal, você já está muito perto e é praticamente impossível evitar um ao outro fisicamente”. Mas ressalvava que a prática só deveria acontecer se houvesse o desejo mútuo.

Se um dos parceiros tiver suspeita de infecção, o instituto de saúde recomenda a masturbação ou o sexo à distância: “Pense em contar histórias eróticas, se masturbar juntos”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“É extremamente importante que você mantenha o risco de coronavírus o mais baixo possível durante a intimidade e o sexo. Discutam juntos a melhor forma de fazer isso”, completa a orientação do instituto.

Na Bélgica, o governo também sugeriu parcerias fixas para evitar a transmissão da doença, mas apenas para grupos de amigos e com distanciamento físico.

Cada morador pode escolher até quatro pessoas para sua “bolha social”, que deve permanecer sempre a mesma.

As informações são da FolhaPress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade