fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Reino Unido passa de 10 mil mortos

O número deve crescer ainda hoje, quando o governo divulgar o boletim completo que inclui também as infecções confirmadas e mortes na Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Autoridades do sistema de saúde do Reino Unido (NHS, na sigla em inglês) informaram que 657 pessoas morreram em decorrência da covid-19 na Inglaterra durante as últimas 24 horas, elevando o total de óbitos no país para mais de 10 mil. O número deve crescer ainda hoje, quando o governo divulgar o boletim completo que inclui também as infecções confirmadas e mortes na Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales.

Com a situação se agravando no Reino Unido, a Espanha reportou hoje o menor número diário de novos casos em três semanas. Foram 4.167 novas infecções nas últimas 24 horas, elevando o total de casos para 166.019. As mortes por conta da doença chegaram a 16 972 – 619 novas fatalidades desde a última atualização, ontem. O governo espanhol se prepara para relaxar as regras de isolamento social a partir desta segunda-feira, 13, deixando profissionais da indústria e construção civil retornarem ao trabalho.

Tatyana Golikova, vice-primeira-ministra da Rússia, afirmou hoje que é “improvável” que as medidas de isolamento social impostas pelo governo russo sejam totalmente revogadas até o dia 9 de maio, data das festividades anuais do fim da Segunda Guerra Mundial. “Eu prefiro não falar nada neste momento. Nós certamente queremos que essa situação esteja resolvida antes de um grande feriado como o Dia da Vitória. Mas definitivamente não vamos conseguir parar isso”, comentou Tatyana, pontuando que a Rússia poderá encerrar o isolamento social no meio do ano com o apoio da população.

Mesmo enfrentando resistência de setores ultra-ordoxos, o governo de Israel estabeleceu quarentena em Jerusalém neste domingo, incluindo na histórica Cidade Velha, onde se encontram alguns dos marcos religiosos mais importantes para judeus, cristãos e muçulmanos, para tentar barrar o avanço do coronavírus nos bairros mais pobres. O país já registra mais de 10 mil casos confirmados e 100 casos confirmados da doença, com o Ministério da Saúde local apontando que um quinto somente na cidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em Portugal, o número total de infectados chegou a 16.585, 598 a mais do que no sábado. O número de mortes foi elevado para 504 (34 novos óbitos).

Globalmente, segundo a Universidade Johns Hopkins, o número de infectados se aproxima de 1,8 milhão, e o de mortos passa de 110 mil. O país com mais casos continua sendo os Estados Unidos, com 530 mil contaminações. Ontem, 11, o país também havia se tornado a nação com mais mortos em decorrência da covid-19, superando a Itália. Às 12h45 deste domingo de Páscoa, ainda de acordo com a Johns Hopkins, eram 20.646 as vítimas fatais nos Estados Unidos e 19.468 na Itália.




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade