fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Quarentena de Nova York começa a frear contagio no estado norte-americano

As informações são do governador do estado norte-americano, Andrew Cuomo, nesta quarta-feira (25)

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A taxa de contágio pelo coronavírus tem diminuído com a quarentena e distanciamento social na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. As informações são do governador do estado norte-americano, Andrew Cuomo, nesta quarta-feira (25).

De acordo com a autoridade, as projeções de pacientes hospitalizados pelo vírus estão aumentando em ritmo mais lento do que o previsto, devido às rigorosas medidas adotadas no estado, que fechou escolas e empresas não essenciais e proibiu as reuniões de qualquer número de pessoas.

Ainda conforme Cuomo, as projeções na terça-feira (24) sugeriam que as internações dobrassem a cada quatro, sete dias. “As flechas apontam na direção certa”, embora o número de casos continue aumentando, afirmou em entrevista coletiva.

Existem mais de 30.000 casos no estado de Nova York – quase 18.000 na cidade de Nova York, com 285 mortes.

Com dificuldades em seu sistema de saúde por conta do alto número de casos, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que a cidade ficará sem equipamento médico suficiente para cuidar dos doentes neste final da semana. Cuomo, entretanto, garantiu que os atuais recursos vão durar por mais de 15 dias.

Nova York é considerada o centro do surto nos Estados Unidos, e agora pode receber a maioria dos equipamentos disponíveis e transferi-los para outros estados à medida que os epicentros do vírus mudem.


Leia também
Publicidade