fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

‘Pandemia está acelerando e ainda não atingimos o pico’, diz diretor-geral da OMS

O diretor-geral comentou que o número de mortes parece ter perdido fôlego e dado sinais de estabilização global

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou nesta terça-feira (7) para o fato de que a pandemia da covid-19 continua a acelerar pelo mundo. “O surto está acelerando e nós claramente ainda não atingimos o pico da pandemia”, disse ele, no início de entrevista coletiva da entidade.

Ghebreyesus comentou que já houve até agora 11,4 milhões de casos reportados da doença, com mais de 535 mil mortes. Ele destacou que levou 12 semanas para que o mundo atingisse a marca de 400 mil casos no início do problema. Agora, apenas no último fim de semana foram registrados mais de 400 mil novos casos da covid-19, comparou.

O diretor-geral comentou que o número de mortes parece ter perdido fôlego e dado sinais de estabilização global. Segundo ele, alguns países “têm feito progresso significativo em reduzir o número de mortes, enquanto em outras nações as mortes continuam a subir”. Ele lembrou que houve progresso em nações que implementaram medidas direcionadas para os grupos mais vulneráveis.

Ghebreyesus disse, ainda, que preparativos têm sido finalizados e que especialistas da OMS estão viajando à China no próximo voo disponível para preparar os planos científicos junto com especialistas chineses para identificar a “fonte zoonótica” da doença.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os especialistas desenvolverão o escopo e os termos da missão internacional liderada pela OMS, afirmou. “O objetivo da missão é avançar no entendimento de animais hospedeiros para a covid-19 e estabelecer como a doença saltou entre animais para humanos”, detalhou, dizendo que a OMS informará os avanços sobre o tema assim que eles surgirem.

Na coletiva, o diretor-geral ainda insistiu na necessidade de que exista união nacional e solidariedade global na luta contra a doença.

Estadão Conteúdo


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade