fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Nos EUA, Biden indica embaixador para CIA e cita Rússia e China como desafios

Em nota enviada à imprensa, o democrata Joe Biden cita Rússia e China como desafios a serem enfrentados pelo órgão

Avatar

Publicado

em

Foto: Jim Watson/AFP
PUBLICIDADE

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta segunda-feira (11) o embaixador William J. Burns como seu escolhido para comandar a Agência de Inteligência Central (CIA, na sigla em inglês). Em nota enviada à imprensa, o democrata cita Rússia e China como desafios a serem enfrentados pelo órgão

“O Embaixador Burns é um profissional consumado, cheio de integridade, que apresentará os fatos e a independência que nossa segurança nacional exige. Quer sejam ataques cibernéticos vindos de Moscou, o desafio que a China representa ou a ameaça que enfrentamos de terroristas e outros atores não-estatais, ele tem a experiência e a habilidade para direcionar esforços em todo o governo e em todo o mundo para garantir que a CIA esteja posicionada para proteger o povo americano”, diz Biden, em nota.

Burns trabalhou na chancelaria americana por 33 anos e se aposentou em 2014. Entre os postos mais importantes assumidos ao longo da carreira, ele serviu como embaixador dos EUA na Rússia entre 2005 e 2008 e na Jordânia entre 1998 e 2021.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade