fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Ministro da Saúde anuncia nova epidemia de ebola no noroeste da RDCongo

“Quatro pessoas já morreram”, disse o ministro em uma entrevista coletiva

Avatar

Publicado

em

Foto: AFP
PUBLICIDADE

Uma nova epidemia de febre hemorrágica do ebola foi declarada no noroeste da República Democrática do Congo (RDC), anunciou nesta segunda-feira o ministro da Saúde, Eteni Longondo.

“Quatro pessoas já morreram”, disse o ministro em uma entrevista coletiva.

O leste da RDC já registra atualmente outra epidemia de ebola, que matou 2.280 pessoas desde agosto de 2018 e que deveria ser declarada como oficialmente controlada em 25 de junho.

As quatro mortes aconteceram em um bairro de Mbandaka, principal cidade da província de Equador, 600 km ao norte da capital Kinshasa. As duas cidades estão ligadas pelo rio Congo, a uma semana de navegação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“O Instituto Nacional de Pesquisa Biomédica (INRB) acaba de confirmar que os exames procedentes de Mbandaka são positivos para a doença do vírus ebola”, disse o ministro.

A província de Equador foi afetada por uma epidemia de ebola entre maio e julho de 2018, com 54 casos, 33 deles fatais.

© Agence France-Presse




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade