fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Irã executa funcionário acusado de vender informações à CIA

Segundo o porta-voz do Judiciário iraniano, Reza Asgari havia se ligado à CIA durante seus últimos anos no Ministério da Defesa

Avatar

Publicado

em

Foto: Reuters
PUBLICIDADE

O Poder Judiciário do Irã informou nesta terça-feira (14) que executou um ex-funcionário do Ministério da Defesa. Reza Asgari é acusado de vender informações Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos.

Segundo o porta-voz do Judiciário, Gholamhossein Esmaili, o ex-funcionário havia se ligado à CIA durante os últimos anos no ministério e vendido informações sobre o programa de mísseis do Irã. Por conta disso, Asgari foi executado na semana passada.

O porta-voz disse ainda que uma sentença de morte para o iraniano acusado de espionar para EUA e Israel, Mahmoud Mousavi-Majd, deverá ser cumprida em breve.

Espiões

No ano passado, o Irã anunciou que havia capturado 17 espiões que trabalhavam para a CIA. À época, o presidente norte-americano Donald Trump duvidou.

 



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade