fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Dia do amigo: entenda origem da data comemorativa de 20 de julho

O Dia do Amigo é comemorado em 20 de julho no Brasil – apesar de a data também ser lembrada em 30 de julho, Dia Internacional da Amizade

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Por André Carlos Zorzi

O Dia do Amigo é comemorado em 20 de julho no Brasil – apesar de a data também ser lembrada em 30 de julho, Dia Internacional da Amizade, em algumas ocasiões. A data é comemorada oficialmente no calendário de alguns locais, como Belo Horizonte e a cidade e o Estado do Rio de Janeiro.

“O Dia do Amigo foi instituído em Buenos Aires, na Argentina, e a partir daí foi gradualmente adotado em outras partes do mundo”, informa a justificativa da lei nº 5.146, de 7 de janeiro de 2010, que institui o Dia do Amigo no Rio. “A data foi criada pelo argentino Enrique Ernesto Febbraro. Ele se inspirou na chegada do homem à Lua, em 20 de julho de 1969, considerando a conquista não comente uma vitória científica, como também uma oportunidade de se fazer amigos em outra parte do universo”, prossegue o texto.

Febbraro, que também é professor de psicologia, filosofia e músico, chegou a escrever mais de mil cartas e enviá-las para diversas cidades argentinas propondo a criação do Dia do Amigo, celebrado pela primeira vez em 1970.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A iniciativa deu certo e em 1979 o governo argentino criou oficialmente o Dia do Amigo, já que havia alguns anos que os restaurantes e bares ficavam lotados com amigos por conta da data. O fato também movimentava o comércio.

Nas décadas seguintes, a data foi abrangendo outros lugares. O Uruguai adotou o Dia do Amigo ainda nos anos 1970, Peru e México em 1980, e no Brasil a ideia chegou com mais força nos anos 1990

Dia Internacional da Amizade

A Organização das Nações Unidas (ONU ), por sua vez, comemora o Dia Internacional da Amizade em 30 de julho. A data foi proclamada durante a assembleia geral da organização em 2011, com o intuito de que a amizade entre povos, países, culturas e indivíduos pode inspirar esforços pela paz e construir ligações mais fortes entre comunidades.

As informações são da FolhaPress. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade