fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Coronavírus: mais de 25.000 mortos no mundo

Com 8.165 mortes, a Itália é o país mais afetado pela pandemia de Covid-19, à frente da Espanha (4.858) e China (3.292), o foco inicial da doença

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A pandemia de coronavírus matou mais de 25.000 pessoas em todo o mundo, de acordo com uma contagem da AFP nesta sexta-feira às 11h30 baseada em dados oficiais.

Foram registradas 25.066 mortes, uma clara maioria delas na Europa (17.314).

Com 8.165 mortes, a Itália é o país mais afetado pela pandemia de Covid-19, à frente da Espanha (4.858) e China (3.292), o foco inicial da doença.

Pelo menos 547.034 casos de infecção foram diagnosticados oficialmente em todo o mundo desde o final de dezembro.

América Latina 

A América Latina registra 10.000 casos confirmados de Covid-19, segundo um balanço da AFP elaborado com base em informações divulgadas pelas autoridades nacionais e e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Os contágios alcançam 10.435 e o número de mortes a 223 na região.

Os países com maior quantidade contágios são Brasil, com 2.915, com 77 vítimas fatais, Equador (1.403, 34) e Chile (1.610, 5). A Argentina registra 589 casos e 12 mortes.

O primeiro caso na região foi registrado em 26 de fevereiro no Brasil, país de 210 milhões de habitantes onde as autoridades de saúde projetam um grande aumento de casos a partir de abril.

Nos últimos dias, os países latino-americanos reforçaram as medidas para enfrentar a pandemia, com ordens de confinamento obrigatório em países como Argentina, Bolívia, Venezuela, Colômbia, Panamá ou El Salvador, toques de recolher prolongados no Chile, Honduras, Peru e Guatemala, além de fechamentos de fronteiras quase generalizados.

Paralelamente, as autoridades de vários países anunciaram planos de ajuda econômica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Agence France Press


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade