fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Biden: estado da Geórgia pode mudar curso dos próximos 4 anos e de uma geração

O Partido Democrata precisa ganhar as duas cadeiras em disputa, a fim de empatar em 50 a 50 com o Partido Republicano no Senado americano

Avatar

Publicado

em

Biden
PUBLICIDADE

Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden participou nesta segunda-feira, 4, de evento de campanha na Geórgia. O Estado realiza segundo turno amanhã de duas cadeiras para o Senado, que decidirão qual partido terá o comando da Casa em Washington. “Um Estado pode mudar o curso dos próximos quatro anos e da próxima geração”, disse Biden, ao comentar que não se lembrava em sua carreira de uma eleição estadual isolada ter tanto peso para a política nacional.

O Partido Democrata precisa ganhar as duas cadeiras em disputa, a fim de empatar em 50 a 50 com o Partido Republicano no Senado americano. Neste caso, o voto de Minerva caberia à vice-presidente eleita, Kamala Harris. Casos os republicanos vençam ao menos uma das duas disputas, mantêm o controle do Senado.

Em sua fala, Biden defendeu o papel do governo federal em apoiar os Estados financeiramente, diante da pandemia, o que o atual presidente, Donald Trump, reluta em fazer. “Os Estados precisam de ajuda, precisam equilibrar seus orçamentos”, argumentou.

Os dois candidatos democratas na disputa são Jon Ossoff e Raphael Warnock. “Não é exagero, todo o país olha para a Geórgia”, enfatizou Biden, em seu breve discurso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Estadão Conteúdo




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade