fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Bélgica pode antigir lotação máxima de UTIs para Covid-19 nas próximas semanas

Na semana passada, os índices registravam 18 mil contaminações, rsultado 10 vezes maior  que a quantidade apresentada durante o pico da doença, na 1ª onda

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O continente europeu está passando por uma 2ª onda de contaminações de Covid-19. Com base nisso, a situação hospitalar da Bélgica pode se complicar nos próximas semanas. De acordo com o Jornal Extra, o  porta-voz do Ministério da Saúde do país, Yves Van Laethem, destacou que o número de casos aumentaram nos últimos dias, o que pode ocasionar a lotação dos leitos de UTI, que comporta 2 mil pacientes.

A Bélgica é o país com o segundo maior número de novos casos de infecções de Covid-19, na Europa. Na semana passada, os índices registravam 18 mil contaminações, rsultado 10 vezes maior  que a quantidade apresentada durante o pico da doença, na 1ª onda.

Para reduzir os casos, o governo da cidade de Bruxelas, capital do país, adotou medidas como o fechamento de espaços públicos, além da estipulação de um toque de recolher que vale a partir de hoje (26).




Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade