fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Após críticas a protestos, Casa Branca retira indicação de secretário de Segurança

A decisão veio uma hora depois de Wolf criticar em suas redes sociais os protestos de quarta-feira (6), chamando-os de trágicos e doentios

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

SÃO PAULO, SP

A Casa Branca retirou nesta quinta-feira (7) a indicação de Chad Wolf, secretário interino do Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, para o cargo.

A decisão veio uma hora depois de Wolf criticar em suas redes sociais os protestos de quarta-feira (6), chamando-os de trágicos e doentios.

O Capitólio, como é conhecido o prédio do Congresso, foi invadido durante a sessão conjunta entre deputados e senadores para a certificação da vitória de Joe Biden na eleição presidencial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Eu imploro ao presidente [Donald Trump] e a todas as autoridades que condenem veementemente a violência que ocorreu ontem [quarta]”, escreveu.

A retirada é principalmente simbólica, já que Wolf deixaria o cargo em 20 de janeiro, quando Biden toma posse e o Senado provavelmente não ia aceitar a indicação -ainda assim, Wolf havia dito anteriormente que não tinha planos de renunciar antes da data.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O comunicado da Casa Branca também dizia que Jason Abend, indicado por Trump para ser inspetor-geral do Departamento de Defesa, renunciou.

As informações são da FolhaPress

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade