fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Mundo

Alemanha estende lockdown nacional até fim do mês e testará viajantes

O país acumula 1.860.190 casos confirmados e mais de 35 mil mortes relacionadas à doença, de acordo com a universidade americana Johns Hopkins

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou nesta terça-feira, 5, que o país estenderá seu bloqueio nacional até o fim de janeiro, a fim de frear o aumento de infecções pelo novo coronavírus, de acordo com publicação da Reuters.

Ela também declarou que o país aplicará medidas de restrição mais severas, como a testagem obrigatória para viajantes de zonas de risco vindos do exterior. Segundo a chanceler, mesmo que o exame resulte negativo, os turistas deverão entrar em quarentena por cinco dias e fazer um segundo procedimento.

“Precisamos restringir o contato com mais rigor. Pedimos a todos os cidadãos que restrinjam o contato ao mínimo absoluto”, disse Merkel em reunião com os líderes dos 16 Estados federais da Alemanha.

O país acumula 1.860.190 casos confirmados de covid-19 e mais de 35 mil mortes relacionadas à doença, segundo levantamento da universidade americana Johns Hopkins.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Também na Europa, o Reino Unido registrou recorde no número de novas infecções pela covid-19 nesta terça-feira, 5, com mais de 60 mil casos confirmados, de acordo o Guardian.

“O rápido aumento de casos é altamente preocupante e, infelizmente, significará ainda mais pressão sobre nossos serviços de saúde no auge do inverno”, afirmou a diretora médica do Departamento de Saúde Pública da Inglaterra, Yvonne Doyle.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Reino Unido já registrou 2.721.735 casos confirmados da covid-19 e 75.549 mortes, segundo a Johns Hopkins.

Estadão Conteúdo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Leia também


Publicidade
Publicidade
Publicidade