fbpx
Siga o Jornal de Brasília

Gastronomia

Thiago Alves vence primeira em torneio ATP

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

O Brasil não passou mais uma semana zerado no circuito profissional masculino. Após derrotas de tenistas experientes como Flávio Saretta e Marcos Daniel, no saibro de Gstaad, veio com o novato Thiago Alves, na grama de Newport, a grande alegria da semana.

Hoje, o paulista de 24 anos conseguiu sua primeira vitória em torneios ATP ao bater Tomas Behrend, gaúcho que joga sob nacionalidade alemã no circuito. O placar foi de 6/4 e 6/4 e Alves precisou de reações em ambos os sets para chegar ao triunfo: perdia por 4/2 o primeiro e por 4/0 o segundo.

Classificado para a segunda rodada da competição, que distribui 355 mil dólares em prêmios, ele enfrenta o vencedor do duelo entre o norte-americano Mardy Fish, cabeça-de-chave número sete, e o francês Cyril Saulnier, dois tenistas experientes e que costumam se dar bem em quadras rápidas.

Até hoje, Alves havia disputado apenas um jogo em torneios de primeiro nível do circuito e perdido para o argentino Guillermo Cañas. O duelo aconteceu na primeira rodada do Aberto do Brasil de 2001, quando recebeu convite da organização.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De lá para cá, o paulista viveu altos e baixos no circuito e nunca conseguiu engrenar de vez. Sua carreira foi prejudicada por contusões que o tiraram da quadra por cerca de 11 meses entre 2003 e 2004. Em sua volta, conseguiu títulos em futures (torneios com premiação de até 15 mil dólares) e iniciou sua escalada no ranking.

Em 2005, apareceu bem nos challengers (torneios menores que o ATP e com premiação até 125 mil dólares) com dois títulos. Nesta temporada, havia conseguido vice no Aberto de São Paulo, semifinal em Aguascalientes e quartas em Salinas, Bogotá e Zagreb, mas vinha com série de três derrotas antes da segunda rodada.

Com os pontos somados nesta semana, já deve melhorar um pouco sua atual 133ª colocação no ranking de entradas, em que é o terceiro melhor representante do país. Além disso, será o oitavo brasileiro na Corrida dos Campeões, igualando-se em pontos a André Ghem, com três.

Ainda hoje em Newport, nos EUA, o Brasil vê a estréia de Ricardo Mello. O paulista tem pela frente uma parada indigesta e precisará de muita luta para repetir Alves. Mello enfrenta ninguém menos que Andy Murray, cabeça-de-chave número um e tenista que derrotou Andy Roddick em Wimbledon.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade