fbpx
Siga o Jornal de Brasília
Vinho tinto Vinho tinto

Prazeres do copo

Um brinde à saúde com Vinho tinto

Quem é que mesmo sem saber dos benefícios que um bom tinto faz para saúde, ainda assim todos os dias toma uma tacinha?

Avatar

Publicado

em

PUBLICIDADE

Por Daiany Nasteoli

Seja para relaxar, durante o jantar, ou até mesmo para inspirar. Pergunto isso porque durante esses anos de estudo e divulgação do vinho, principalmente no curso em que ministro – onde tem um tópico sobre os benefícios dele para a saúde – sempre surge à pergunta: Você toma vinho todos os dias?

Minha resposta é sempre a mesma, o vinho me deixa feliz e me faz ter boas ideias, me relaxa. Eu acredito sim que ele faça bem para minha saúde, li várias pesquisas cientificas de fontes confiáveis e como dizem em muitas matérias é a bebida alcoólica mais saudável do mundo.

Os cientistas vêm apresentando cada vez mais evidências de que o álcool, mesmo em pequenas quantidades, faz mal à saúde. No entanto, apontam que o vinho tinto seria uma exceção, podendo até fazer bem. Mas será que isso é verdade? Felizmente, muitos já foram vencidos pelos fatos: “É o excesso (de álcool) que prejudica”. Vale lembrar também o que sempre repito: Os benefícios são para o vinho “tinto” e não o “branco” porque os benefícios são encontrados nas cascas das uvas, e durante a produção do vinho branco ela é retirada. Só valem também para os vinhos “secos” e não os “suaves” devido ao fato que os “suaves” são adicionados açúcar no final do processo de fermentação. Mas o mais importante mesmo é que só é saudável quando bebido em quantidades moderadas.

Alguns doutores em seus anos de pesquisa compartilham conosco das virtudes terapêuticas dessa que os pagãos chamam de “bebida dos deuses” ou “bebida do milagre”, como diz o poeta e jornalista Heitor de Andrade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Excelente para o coração, inibidor do envelhecimento e fonte de longevidade. Os franceses que o digam, pois apesar da sua dieta rica em alimentos gordurosos, semelhante à de outros povos afetos ao vinho, a incidência de doenças cardiovasculares (e outras) é bem menor. Há mais ou menos uma década que se começou a falar nas virtudes medicinais do vinho, hoje considerado um poderoso antioxidante no combate aos radicais livres. O excesso de radicais livres está no centro causal do envelhecimento precoce, da senilidade, das doenças degenerativas etc. Hoje existem mais de duas mil pesquisas científicas sobre os efeitos do vinho na saúde.

Outra razão que faz o vinho benéfico para a saúde é devido à quantidade de polifenóis presente (provenientes das cascas e das sementes das uvas), que entre outras funções, protegem o coração, um destes polifenóis é o resveratrol, um dos mais estudados pelos cientistas. Sua existência já era conhecida no começo do século 20, mas foi somente a partir dos anos 1990 que a substância foi descoberta no vinho tinto.

Saudado durante muitos anos como uma espécie de substância milagrosa, o resveratrol é um composto que, segundo os pesquisadores, poderia retardar o envelhecimento e combater o câncer e a obesidade.

Então meus amores como os benefícios entre vinho e saúde já estão mais do que comprovados. A bebida não somente traz sensações de prazer e felicidade, mas também protege o coração, aumenta a imunidade e previne doenças como um todo, agora é com vocês a começarem esse rito diário, assim como eu.

Um abraço e muita saúde e equilíbrio nas degustações

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fonte: Livro – Título: A SAÚDE DA ÁGUA PARA O VINHO
Editora: Thesaurus; Edição: 1ª (1 de janeiro de 2009)
Idioma: Português
ano de edição: 2012
edição: 1ª
autor: Marcio Bontempo

* Este conteúdo é apenas para fins informativos e educacionais. Não se destina a fornecer aconselhamento médico ou tomar o lugar de aconselhamento médico ou tratamento de um médico pessoal. Todos os leitores / espectadores deste conteúdo são aconselhados a consultar seus médicos ou profissionais de saúde qualificados sobre questões específicas de saúde.


Leia também
Publicidade
Publicidade
Publicidade