Siga o Jornal de Brasília
#LuBarboIndica: o que comer na Trattoria da Rosario #LuBarboIndica: o que comer na Trattoria da Rosario

Gastronomia

#LuBarboIndica: o que comer na Trattoria da Rosario

Casa já levou o título de melhor italiano de Brasília por 10 vezes

Publicado

em

Publicidade

Há 17 anos instalado na QI 17 do Lago Sul, o restaurante Trattoria da Rosario é referência de cozinha italiana em Brasília. Tanto que coleciona 10 prêmios de melhor da categoria na cidade pela revista Veja Comer & Beber.  

Para garantir a qualidade do que chega à mesa do cliente, o chef napolitano Rosario Tessier aposta em fornecedores de confiança, tanto locais quanto nacionais e mesmo italianos. 

Um dos mais antigos é, sem dúvida, o padeiro Apolônio, que entrega o pão fresquinho e levemente assado, para que seja finalizado pouco antes da entrega ao cliente.

O produto vai no couvert e recebe uma camada generosa de manteiga, aromatizada com salsinha, alecrim, sálvia e hortelã,  para acompanhar o carpaccio com fundo de alcachofras e parmesão (R$ 59), uma das minhas entradas favoritas da casa.

Essa seção do menu traz ainda burrata, presunto Parma, berinjela gratinada, bruscheta e a Insalata dello Golfo, com lulas, camarões grandes e mexilhões puxados no azeite, que vão sobre uma cama de folhas crocantes (R$ 76). 

Nas massas, um dos destaques tem sido o espaguete de tinta de lula com molho de tomates San Marzano e uma seleção de frutos do mar (camarões, lula, vieira, lagostim, polvo – R$ 109), mas há opções mais em conta, como a linguine com bacalhau, azeite e manjericão (R$ 69).

Nos principais, o cardápio inclui pescados e carnes, com destaque para o tradicional Saltimboca alla Romana e o escalope de vitelo em crosta ao molho de mostarda de frutas com risoto nero de cogumelos porcini e grana padano (ambos a R$ 95).

Menu executivo   

Para quem dispõe de um orçamento menor, a casa tem um menu executivo com precinho amigo, de terça a sábado, no almoço e no jantar, e no domingo durante o almoço. Por R$ 69, de dia, e R$ 79, à noite, o chef oferece uma sequência de três etapas, com opões de entrada, pratos principais e sobremesas.

Para começar, o cliente pode escolher entre salada de folhas verdes, tomate caqui e mozzarella de búfala ao molho de endívias e mel, e o carpaccio tradicional, no qual a carne bovina cortada finamente é finalizada com molho de endívias e finalizada com rúcula e queijo grana padano. 

O chef Rosario Tessier

Para os principais de almoço, as opções passam pelos raviólis recheados com carne de vitelo e guarnecidos com cogumelos e molho de manteiga e sálvia, a alcatra de boi ao vinho e ervas, assada ao forno e escoltada pelo fettuccine ou spaghetti passado no molho do cozimento da carne.Tem ainda o peixe grelhado ao molho de ervas e azeite extravirgem com risoto de limão; polpetone recheado com queijo Bel Paese e presunto,  acompanhado por spaghetti ao molho sugo.

No jantar, saem a alcatra e o polpetone e entra o filé mignon empanado e assado ao forno com queijo Grana Padano e molho de tomates San Marzano.

Para fechar as refeições dos dois horários, o menu tem porções reduzidas de tiramisù com mascarpone verdadeiro, é bom dizer, e panna cotta com coulis de frutas vermelhas.

Se o desejo por doces ainda não for satisfeito, prove a tartelette de massa folhada (muito fina, crocante e delicada), recheada por creme de confeiteiro e maçãs carameladas (R$ 25).

Típica do Vêneto, essa receita passou por releitura do souschef da casa, Francesco Bruno,  que acertou a mão. É uma das minhas favoritas da cidade.

Serviço: 
Trattoria da Rosario
Comércio Local da QI 17, no Lago Sul
Telefone: (61) 3248-1672
Funciona de terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 0h. Sábado, das 12h às 16h e das 19h às 0h. Domingo, das 12h às 17h. Fechado às segundas.


Você pode gostar
Publicidade