Siga o Jornal de Brasília
LuBarboIndica LuBarboIndica

Gastronomia

#LuBarboIndica: Così, um italiano paulistano em Brasília

São dez anos de história para contar, muitas receitas e prêmios que atestam a qualidade do Così

Publicado

em

Advertisements

https://youtu.be/mbvAGfPIHiU

A casa acaba de abrir as portas no Brasília Shopping com a intenção de ser o melhor italiano da cidade. Atributos não lhe faltam.

Primeiramente pela experiência do chef Renato Carioni que, depois de formado no Senac Águas de São Pedro (interior de São Paulo), passou 10 anos em cozinhas estreladas pelo Guia Michelin na Europa. Ritz (Londres), Enoteca Pinchiorri (Florença), Château Chèvre d’Or (Eze Village) foram algumas delas. 

Ao retornar para o Brasil, assumiu a função de chef no Cantaloup, restaurante classudo no Itaim (SP). Em seguida, chegou a hora de abrir o próprio negócio, no bairro de Santa Cecília. Para isso, recrutou Leonardo Recalde, que toma conta até hoje da parte financeira do empreendimento.

O chef Renato Carioni (Foto: Tadeu Brunelli)

A dupla montou uma segunda unidade na Vila Nova Conceição, mas fechada em pouco tempo. Em sua trajetória, a casa ganhou como Melhor Restaurante Novo pela Folha de S.Paulo, Melhor Italiano em votação popular da VEJA Comer & Beber e ainda o título de Melhor Almoço Executivo da revista Época.

A vinda para Brasília

Há pouco mais de três anos, Renato e Leonardo conheceram o chef Marco Espinoza, que já estava empreendendo em São Paulo, depois do sucesso em Brasília, com o Taypá, e no Rio de Janeiro, com o Lima. A amizade virou negócio com a abertura do Lima Cocina Peruana, na Alameda Lorena, bairro dos Jardins.

Os sócios Marco Espinoza, Leonardo Recalde e Renato Carioni (Foto: Duo Fotografia)

De lá para cá, o trio veio amadurecendo a ideia de trazer o Così para Brasília. Daí, apareceu uma proposta que fazia sentido pra eles: instalar a casa no Brasília Shopping, numa loja grande, capaz de receber um projeto arquitetônico charmoso e que atraísse um público sofisticado e capaz de valorizar a cozinha de Renato.

Projeto de George Zardo é sofisticado e confortável (Foto: Duo Fotografia)

Para isso, convocaram o arquiteto George Zardo que, com experiência ímpar e entendimento do mercado brasiliense, criou um lindo projeto para 100 pessoas.

O menu 

Ovo Mollet com creme aerado de batatas alho-poró (Foto: Gui Teixeira)

A cozinha de Renato Carioni prioriza os ingredientes frescos e sazonais. Tudo é elaborado na casa, principalmente as massas. Alguns clássicos da unidade paulistana não poderiam ficar de fora por aqui, claro.

Entre elas estão o ovo mollet, uma especialidade do chef, cuja composição deve mudar a cada temporada. Por enquanto, o ovo cozido e empanado chega à mesa do cliente com a gema ainda mole e acompanhado por vichyssoise (creme elaborado com batatas e alho-poró). Custa R$ 39 e pode ser acrescido de foie gras, por mais R$ 45.

Para as entradas, outro prato imperdível é o crudo de vieiras com caviar verdadeiro, creme de abacate e vinagrete cítrica (R$ 89) e a croqueta de pato com maionese trufada da casa (R$ R$ 45).

Crudo de vieiras com creme de abacate e caviar (Foto: Luciana Barbo)

Quatro risotos e seis massas fazem as vezes de primeiro prato, com destaque para o raviolini de pato com redução de carne e laranja, e pinoles tostados (R$ 85).

Raviolini de pato com redução de carne e laranja, e pinoles tostados (Foto: Gui Teixeira)

Se preferir economizar, pule essa fase e se jogue logo nos principais.

O ossobuco cozido por 16 horas em baixa temperatura com risoto de espinafre e gremolata (que que harmoniza a gordura do tutano) é escolha acertada, por R$ 84. Aposte também no polvo grelhado com risoto negro de tinta de lula e emulsão de alcaparras (R$ 109), um prato que vale cada um dos três dígitos.

Polvo com risoto negro e emulsão de alcaparras (Foto: Gui Teixeira)

 

Para a sobremesa, o tiramisù é a receita mais conhecida da Itália e aqui foi desconstruída, com sorvete de café, creme de queijo mascarpone de produtor local e crocante de chocolate (R$ 36).

Outra que já provei e indico é a que vem com chocolate em cinco texturas (R$ 38).

Nos dias de semana, exceto feriados, a casa conta com menu executivo sazonal, a R$ 86, com entrada, pratos principal e sobremesa. 


Serviço:

Così Brasília
Brasília Shopping, 2º piso (Setor Comercial Norte, Quadra 5).
Telefone: (61) 3553-9942
Funciona de segunda a quinta, das 11h30 às 15h e das 18h30 às 23h; sexta, das 11h30 às 15h e das 18h30 à 0h; sábado, das 11h30 às 16h e das 18h30 à 0h; e domingo, das 11h30 às 16h e das 18h30 às 22h30.

 

Leia mais sobre gastronomia aqui.


Você pode gostar
Publicidade