Siga o Jornal de Brasília

Gastronomia

Festivais driblam o frio com pratos quentinhos

Boa Mesa Brasília e Panelas da Casa começam nessa semana e seguem até agosto em mais de 30 endereços  

Publicado

em

Massas, risotos e cremes quentinhos são as apostas de mais de trinta endereços que estarão em dois festivais diferentes, a partir dessa semana.

Com abertura nessa terça-feira, dia 16, a segunda edição do Boa Mesa Brasília terá duração de 30 dias e reúne casas sofisticadas e premiadas da cidade.

A faixa de preço dos menus do festival tem quatro variações: Tesourinha (R$ 69), Catetinho (R$ 84), Catedral (R$ 92) e JK (R$ 115). E cada casa pode escolher quais seriam aplicados durante o período.

Authoral, Dom Francisco, Eat Olivae, Gero, Nikkei, Santé 13, Taypá, Tejo e Villa Tevere repetem a participação, enquanto Kawa, Piantella, Dona Lenha e Pecorino estreiam no festival.

Croqueta, uma das entradas do festival (foto: Gui Teixeira)

Croqueta cremosa de galinha com cúrcuma e aïoli de pequi (2 und) e spaghetti tostado e cozidos com carne de porco, frango e calabresa defumada, acompanhado por camarão grelhado e emulsão de leite com alho são duas das apostas do chef André Castro, do Authoral, para o almoço a R$ 69.

Versão reduzida do lámen com barriga de porco, entrada quentinha do Kawa (foto: Gui Teixeira)

Tem mais

Já no Kawa, o chef Marcos Akaki servirá as vieiras flambadas ou tempurá de legumes como entrada nas faixas de R$ 69 e R$ 84. O mini lámen com barriga suína e o combinado de sushis e sashimis figuram no menu de R$ 115, junto com a esfera de chocolate, recheada com nutela, chamada de Kawa Choko.

O Villa Tevere participa nas quatro faixas de preço e em todas elas o fondue com frutas vermelhas, pão caseiro e uva rubi figura como entrada. Picadinho de filé mignon com fondue de queijos suíços e cogumelos, saltimboca com massa e cogumelos frescos salteados em manteiga de ervas frescas; linguine com manteiga de ervas e limão siciliano, filé de lagosta e camarões flambados em cachaça artesanal do Ceará; e o Risoto de queijo Gouda com morangos e camarões ao Prosecco são as opções de principais.

Bao com barriga suína, do Taypá (foto: Gui Teixeira)

No Taypá, o menu é de R$ 115 e as atrações vão desde a bao de porco com maionese picante e saladinha de pepino japonês até o salmão grelhado com molho de rapadura e gengibre, mil-folhas de batata-baroa e tempurá apimentado de cebolas.

Creme de bisque com abóbora é atração do Dona Lenha (foto: Gui Teixeira)

No Dona Lenha o menu sai a R$ 84 com creme de lagostins, abóbora cabotiá e mascarpone; tentáculos de polvo, legumes, azeite de páprica, arroz de tomate no caldo de polvo e aioli bravo; e de sobremesa crema catalana com baunilha da comunidade kalunga. Todos os menus podem ser conferidos no Instagram (@festivalboamesabrasilia).

Festival Panelas da Casa

No dia 18, começa o Festival Panelas da Casa, com 13 casas participantes: Belini, Bhumi, Cantucci Bistrô, Carpe Diem, Bem Te Vi, Dom Francisco, El Paso, Genghis Khan, Nossa Cozinha Bistrô, Reverso e Marietta, Kojima e The Plant.

Os menus de três etapas custam R$ 54 em todas as casas e podem ser consumidos no almoço e jantar (de acordo com cada participante). Os menus estão disponíveis no Instagram (@panelasdacasa).

Churrasco mongol é prato principal do Gengis Khan (foto: Rômulo Juracy)

O missoshiro, tradicional sopa japonesa, abre o menu do Gengis Khan para o festival, seguida pelo churrasco mongol com contrafilé, vegetais e shimeji; e chocolate quente com cardamomo para a sobremesa.

Já no Bhumi, a sequência reúne bolinhos crocantes de falafel com coalhada de castanha de caju; frango caipira recheado com crocante de castanhas e acompanhado por creme de mandioquinha, cebola caramelizada e duo de sementes; e o minibolo recheado e coberto com chocolate.

Crème Brûlée de chocolate com café, do Carpe Diem (foto: Rômulo Juracy)

Creme de ervilha fresca, hortelã e bacon; picadinho com arroz de coco e farofa de banana passa e creme brûlée de chocolate e café são as criações do Carpe Diem para o festival.

Sopa de milho verde fresco do Nossa Cozinha Bistrô (foto: Rômulo Juracy)

E no Nossa Cozinha Bistrô tem sopa de milho verde fresco, kebab de vegetais, queijo coalho e melaço para a entrada. O menu segue com arroz de carreteiro de cordeiro da fazenda Ercoara e o scone de cranberry servido com sorvete de creme, morango fresco e sopa morna de morango. O festival vai até dia 4 de agosto.


Você pode gostar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA

Publicidade