Siga o Jornal de Brasília

Gastronomia

Conheça a Flairs, novo serviço de coquetéis de BSB

O mercado de coquetelaria cresce em Brasília e atraia novos empreendimentos à cidade

O mercado de coquetelaria vem crescendo a passos largos e atraindo a Brasília novas marcas de bebidas, bertenders conhecidos nacionalmente que dão consultorias para bares e restaurantes; e empreendimentos já estabelecidos em outros estados. Criada há 14 anos em Ribeirão Preto e presente em mais oito cidades, a Flairs® Coquetelaria desembarcou na capital nesta semana. Entre os clientes assíduos, estão os influenciadores digitais como Thássia Naves e o sertanejo Bruno, da dupla Bruno e Marrone.

Fotos: Pedro Fonseca

A décima unidade da marca quer conquistar o nicho de festas particulares e corporativas com um menu de drinques baseado em criações próprias e releituras de clássicos, como o Moscow Mule, sucesso em todas as praças em que já atua. O comando da marca em Brasília será dos franqueados Gustavo Brandão Andrada e Eivy Cristina Oliveira.

O criador da Flairs®, Zeca Oliveira, esteve em Brasília para o evento que marcou a inauguração do empreendimento, no rooftop da Artefacto (QI 21 do Lago Sul). Ele nos contou um pouco sobre o negócio.

Confira a mini entrevista exclusiva

Como surgiu a empresa?

Comecei esse negócio sozinho e sou assim até hoje. Saí da minha cidade com 20 anos para trabalhar com moda em São Paulo e não deu muito certo. Para não passar fome, comecei a atuar neste segmento, que era muito novo até então. O serviço era mais comum em festas de 15 anos e nem era tão focado na coquetelaria ainda, mas, sim, nos malabarismos com garrafas. Com o passar do tempo, essa atividade foi se profissionalizando muito por conta da indústria da gastronomia, dos chefs de cozinha. Hoje, esse serviço representa cerca de 80% do consumo de bebida alcoólica numa festa.

Zeca Oliveira com Julia Paludetto, Flavia Fidelis
e Gustavo Brandão Andrada

E as franquias, quando surgiram?

Há cinco anos, formatamos esse modelo de franquia. Levamos o primeiro piloto para a cidade de Bauru e agora, inauguramos a nossa camisa 10, em Brasília. Temos uma unidade fora do Brasil, em Assunção, no Paraguai. Sou dono de três unidades, a de Ribeirão Preto (onde também fica o centro de distribuição), Americana e São Paulo. A franquia é muito bem regulamentada, com todos os manuais de procedimentos para garantir a qualidade. No centro de distribuição e produção da marca são processadas guarnições e outros preparos usados nos drinques. Queremos facilitar a vida do franqueado, manter o padrão e fazer com que a franquia se concentre em atender bem os nossos clientes.

De onde vem a inspiração para os drinques?

A inspiração vem de todos os lados: da gastronomia, da moda. Qualquer tendência de hoje a gente usa como inspiração para desenvolver um drinque, uma apresentação, uma guarnição.

Que tendências atuais você destacaria?

A tendência vai e volta. Hoje, temos os clássicos que retornaram, com uma pegada mais seca e amarga, como o Gin Tônica, que ficou esquecido durante muito tempo e hoje é o que bomba nas festas. O nosso carro chefe é a releitura que fizemos do Moscow Mule. Repaginamos ele com uma espuma molecular. Não acredito numa tendência única, num coquetel específico, mas sim na maneira de servi-los. Nossa proposta é unir uma forma inovadora de serviço e os clássicos. Seguimos uma linha mais clássica e elegante.  

Como foi a apresentação

Os convidados foram recebidos com uma seleção de 20 drinques, mais uma seleção de whiskies. Fizeram sucesso o Aperol Sour, com espuma cítrica e vodka; GT Ciruela, com gin, ameixa, flor de hibisco e pau de canela; e o Whisky Sour, com espuma de gengibre e toque de mel.

As comidinhas ficaram à cargo do buffet Sweet Cake. O DJ Thiago May animou a festa ao som de house e a decoração levou assinatura da Ozumi Design. Hendy Miranda assinou o mailing.

A marca encontra-se nas cidades de Ribeirão Preto, Bauru, São Paulo, Uberlândia, Goiânia, Americana, Londrina, Brasília, Sorocaba e Assunción (Paraguay).

Publicidade
Publicidade
  • CHARGE DO DIA