Siga o Jornal de Brasília

Gastronomia

Brasileiros pegam adversários fáceis na primeira rodada de Roland Garros

Publicado

em

Publicidade

Os brasileiros só terão vida fácil na primeira rodada do segundo torneio de Grand Slam da temporada. O sorteio das chaves de Roland Garros, o Aberto da França, foi feito na manhã de hoje e os dois tenistas que representam o Brasil no torneio já conhecem seus primeiros adversários.

Flávio Saretta pega o italiano Potito Starace na primeira rodada, e se passar de fase, pode ter pela frente o cabeça de chave número seis, o russo Nikolay Davydenko. Já Marcos Daniel joga contra o francês Mathieu Montcourt, e em caso de vitoria, pode ter pela frente o australiano Lleyton Hewitt, ex-número um do mundo. 

Número um do país, Saretta terá pela frente o 78º colocado do ranking de entradas na estréia. No único confronto que tiveram no circuito, o paulista venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 e 6/2, pelas quartas-de-final do Challenger de Lugano, no ano passado. 

Nos dez eventos da ATP que disputou, Starace só passou da segunda rodada em Buenos Aires, mas acabou eliminado na etapa seguinte. Será a segunda vez que ele disputa Roland Garros. Em 2004, o italiano parou na terceira rodada, sendo derrotado em cinco sets pelo russo Marat Safin. 

Publicidade

Já o gaúcho Marcos Daniel caiu diante de um convidado da organização. Com 21 anos, Montcourt ocupa a modesta 213ª posição do ranking de entradas e jamais disputou um evento da ATP na carreira. Até hoje, o francês só conquistou dois títulos de futures, que fica atrás dos torneios da ATP e dos challengers em importância no circuito. Será a primeira vez que o gaúcho enfrenta o rival. 

Entre os principais favoritos, o atual líder do ranking dos tenistas profissionais, o suíço Roger Federer joga contra o francês Arnaud Clement na estréia do torneio. Já o melhor jogador do saibro, cabeça-de-chave número dois e atual campeão de Roland Garros, o espanhol Rafael Nadal, pegará o sueco Robin Soderling, 49º lugar do ranking de entradas, pela primeira rodada do Aberto da França. 

O duelo mais interessante da rodada de abertura da competição será entre o chileno Fernando Gonzalez, nono pré-classificado, e o russo Marat Safin, vencedor do Aberto da Austrália em 2005. O Brasil ainda pode ter mais um representante na chave principal, caso Júlio Silva vença o tcheco Tomas Cakl na última rodada do qualifying, amanhã.


Você pode gostar
Publicidade